"Informações sobre o conteúdo do CD-ROM Fortalezas Multimídia."


Informações

 

O Projeto Fortalezas Multimídia

Tela do MultimídiaA preocupação com o estudo e a preservação do patrimônio cultural levou à criação do Projeto Fortalezas Multimídia, que, entre outras metas, prevê a elaboração de uma série de CD-ROMs multimídia sobre as fortificações históricas da Ilha de Santa Catarina, iniciada pelo CD-ROM Fortalezas Multimídia.

Os recursos multimídia podem ser utilizados para o estudo, sistematização, divulgação, valorização e preservação do patrimônio cultural, com uma alta capacidade de interatividade, seletividade e abrangência de informações, servindo como suporte ao desenvolvimento de ações de caráter educacional, cultural e turístico.

 

O CD-ROM Fortalezas Multimídia


O CD-ROM Fortalezas Multimídia contém informação multimídia sobre os aspectos históricos, arquitetônicos, arqueológicos, culturais, ambientais e de serviço das fortificações catarinenses, um painel das demais fortificações brasileiras e estrangeiras, e ainda uma extensa bibliografia de referência, permitindo ao visitante optar por temas de seu interesse de forma dinâmica e interativa.

Fortalezas Multimídia é um CD-ROM multimídia sem similar no Brasil, tanto pela utilização dos mais avançados recursos de informática, quanto pela abrangência, volume, sistematização e interatividade dos conteúdos apresentados, o que o torna uma obra enciclopédica de referência nacional e internacional na área da educação, da cultura e do turismo, numa rara e feliz abordagem que integra visitação turística e preservação cultural e ambiental.

O CD-ROM possibilita uma viagem virtual através de imagens, textos, áudio e vídeos, para conhecer as fortalezas históricas e as belezas naturais, o patrimônio cultural e ambiental, as atrações turísticas, a história e a cultura catarinense, com um painel adicional sobre centenas de outras fortificações no Brasil e no mundo. As fortalezas de Santa Catarina - com ênfase na Fortaleza de Anhatomirim -, do Brasil e do mundo vão sendo reveladas através de mais de 3 mil páginas de textos, 2 mil fotografias e ilustrações antigas, dezenas de mapas, plantas e animações, 23 vídeos, trilha sonora original, glossário técnico, bibliografia comentada, linha do tempo, biografias, vistas panorâmicas em 360 graus, passeio interativo em realidade virtual pela Fortaleza de Anhatomirim e documentos originais, distribuídos por 146 seções temáticas.

O CD-ROM Fortalezas Multimídia, cujos conteúdos podem ainda ser impressos, editados e permanentemente atualizados via internet, é uma obra enciclopédica inédita direcionada ao público visitante das fortificações, estudantes e professores de todos os níveis de escolaridade, profissionais das áreas de preservação, história, arquitetura e engenharia, turismo, cultura, entre outros. Trata-se de um produto comercial que será oferecido nas fortificações, livrarias, lojas de informática, via Internet, entre outros, e que permitirá, sobretudo, intensificar a revitalização do patrimônio turístico-cultural brasileiro representado por estas fortificações históricas, ampliando a sua visitação turística, contribuindo para sua preservação e promovendo a sua divulgação no Brasil e internacionalmente.

OBJETIVOS DO CD-ROM:

 

O CD-ROM Fortalezas Multimídia objetiva:

Difundir os conhecimentos existentes sobre a Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim;
Tela do Multimídia

Apresentar um panorama das demais fortificações catarinenses, brasileiras e mundiais, contemporâneas de Anhatomirim;

Difundir os conhecimentos sobre a história de Santa Catarina e do Brasil, tendo como pano de fundo as fortificações catarinenses;

Avançar nas pesquisas sobre os aspectos históricos, arqueológicos e arquitetônicos das fortificações militares no Brasil e no mundo;

Divulgar os projetos de pesquisa e extensão realizados no âmbito das fortalezas da Ilha de Santa Catarina;

Difundir o turismo cultural e ampliar o número de visitantes das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina;

Tela do Multimídia Preservar as Fortalezas Históricas da Ilha de Santa Catarina ;

Conscientizar sobre a importância da preservação do patrimônio cultural e ambiental;

Desenvolver a aplicação de recursos multimídia com função educacional, cultural e turística;

Comemorar os 262 anos da criação do Sistema de Fortificações da Ilha de Santa Catarina;

Viabilizar a realização integral do Projeto Fortalezas Multimídia.

 

RELEVÂNCIA CULTURAL


O sistema defensivo da Ilha de Santa Catarina foi construído durante o século XVIII para assegurar o domínio português nessa região, tendo sido fundamental na consolidação dos limites do Brasil meridional.

As Fortalezas são as construções remanescentes mais antigas de nosso estado, representando portanto o nosso marco zero neste processo de ocupação. A importância destas fortalezas ganha ainda mais destaque neste ano quando o Sistema Defensivo completa 262 anos de existência.

 As construções mais significativas desse Sistema são as fortalezas de Santa Cruz de Anhatomirim, São José da Ponta Grossa, Santo Antônio de Ratones e Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba, todas sob a tutela da UFSC.

 Concluída a restauração física das Fortalezas gerenciadas pela UFSC, faz-se necessário intensificar a revitalização destes monumentos, promovendo a sua difusão no Brasil e internacionalmente, propiciando ao público em geral acesso interativo a um fantástico universo de informações sobre estas fortificações, sobre a história de Santa Catarina e do Brasil.

A sistematização e disponibilização dessas informações em meio digital possibilitará com certeza a otimização do potencial cultural, educacional e turístico destes monumentos. Além disso, a valorização das fortificações históricas promoverá ainda o desenvolvimento turístico das regiões onde estas construções estão inseridas

A Fortaleza de Santa Cruz de Anhatomirim foi a escolhida para o primeiro CD-ROM da coleção sobre fortificações, visto ser a principal e maior fortaleza do Sistema Defensivo da Ilha de Santa Catarina.A Fortaleza Capitânia, como também era conhecida, foi sede do primeiro governo da captania de Santa Catarina, foi a primeira a ser adotada pela UFSC em 1979, e também a primeira a ser restaurada. Além disso, recebe hoje aproximadamente 65% do contingente de visitantes das fortificações catarinenses.

RELEVÂNCIA TECNOLÓGICA

 

O CD-ROM Fortalezas Multimídia possibilita uma viagem virtual através de imagens, textos, áudio e vídeos, para conhecer as fortalezas históricas e as belezas naturais, o patrimônio cultural e ambiental, as atrações turísticas, a história e a cultura catarinense, com um painel adicional sobre centenas de outras fortificações no Brasil e no Mundo.

Passeios virtuais em três épocas distintas - séculos XVIII, XIX e XX - da Fortaleza de Anhatomirim podem ser vivenciadas em tempo real. Esses passeios permitem uma imersão no passado através da reconstituição de ambientes e edifícios da fortaleza, alguns hoje já desaparecidos, onde se pode caminhar livremente por entre as construções históricas. Diferente de um vídeo, por exemplo, a realidade virtual possibilita um passeio totalmente interativo, onde o usuário, "caminhando com as próprias pernas", é quem decide o percurso a ser feito.

As vistas panorâmicas contidas no CD-ROM foram realizadas com o uso do recurso QuickTime VR que, com o uso de panoramas fotográficos em 360 graus montados digitalmente, permite a produção de imagens muito próximas das reais. Através desse recurso, é possível visitar toda a Ilha de Anhatomirim, desfrutando de visões panorâmicas da Fortaleza disponíveis em 26 pontos de giro em 360 graus espalhados pela Ilha.

A atualização permanente dos conteúdos é outro recurso inovador disponível para o usuário. Diferentemente do que existe hoje no mercado, a atualização do CD-ROM Fortalezas Multimídia é simples e totalmente automática, podendo ser realizada de duas maneiras: em tempo real ou através de download. Na atualização em tempo real, o usuário tem acesso a informações de caráter efêmero, como agenda de exposições e eventos e novidades. Nos dois casos não é preciso sair do CD-ROM, pois é o próprio Multimídia quem traz a Internet para dentro do CD-ROM, através de uma janela disponível na sua própria interface. A única exigência é estar conectado à Internet e clicar nas seções destinadas à atualização. O resultado é um CD-ROM permanentemente atualizado.

Outra inovação diz respeito à área da Tecnologia da Informação. Os conteúdos do CD-ROM Fortalezas Multimídia, acessíveis a qualquer pessoa, se destinam a públicos bastante diferenciados, independente de idade, escolaridade, interesse ou profissão. Essa abrangência de públicos tão distintos só é possível graças ao emprego de textos aliados ao uso das hipermídias - textos complementares, imagens, áudios e vídeos -, que permitem que se avance nos temas abordados de acordo com o interesse do usuário, possibilitando o aprofundamento dos temas de forma seletiva. As informações não são apresentadas de forma linear, permitindo a abordagem de conteúdos diferenciados e complementares. Além disso, todo o conteúdo do CD-ROM pode ser impresso e editado pelo próprio usuário.

O CD-ROM permite que o usuário adapte a navegação de acordo com suas preferências, ajustando áudio, forma de visualização, opções de abertura e fechamento do CD, entre outras possibilidades de ajuste. Também possui ajuda interativa e fácil navegação. O usuário pode navegar por vários caminhos: pelo Índice, pelo Mapa do CD, pelas seções do navegador ou ainda pelas barras de percurso. No Mapa do CD, cores diferenciadas tornam possível discernir as seções não visitadas das já visitadas. Ao usuário é permitido ainda apagar esse histórico.

 

RECURSOS

 

Tela do MultimídiaO custo direto de desenvolvimento do CD-ROM Fortalezas Multimídia foi de R$ 480 mil, dos quais R$ 265 mil foram captados junto aos patrocinadores. Tela do Multimídia 

O CD-ROM Fortalezas Multimídia é uma realização da Universidade Federal de Santa Catarina, Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária e Projeto Fortalezas Multimídia, e conta com o patrocínio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura; da Secretaria de Estado da Educação e do Desporto; do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia; do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Santa Catarina; da Assembléia Legislativa de Santa Catarina, da Prefeitura Municipal de Florianópolis - através da Fundação Franklin Cascaes e do Instituto de Planejamento Urbano (IPUF) - e do Projeto Fortalezas da UFSC.

 

 


Clique aqui para conhecer outros patrocinadores